Conheça o óleo de rosa mosqueta

óleo e rosas

(imagem: Bigstock)

Apesar de antigo, óleo de rosa mosqueta é um dos novos queridinhos daqueles que gostam de cuidar da saúde por meio de produtos naturais

O óleo de rosa mosqueta é considerado uns dos mais preciosos para uso na regeneração celular da derme. Utilizado desde os tempos antigos pelas mulheres asiáticas, o produto vem se popularizando ao redor do mundo por causa de seus inúmeros benefícios para a saúde.

Essa planta silvestre tem origem na parte oriental do planeta e desde a sua descoberta vem sendo muito utilizada tanto na medicina quanto em cosméticos. Estima-se que na Europa ela já seja utilizada há séculos!

Características

Apesar disso, como ela cresce em ambientes frios e chuvosos, os espanhóis trouxeram a planta quando colonizaram parte da América Latina, tornando essa região uma forte produtora do óleo. A região dos Andes, contudo, – principalmente a parte chilena – é a área que detém a maior produção mundial do produto.

Com flores de tons brancos e rosados, a rosa mosqueta produz um pequeno fruto vermelho quando todas as pétalas caem da planta. A extração do óleo pode ser feita quando prensada à frio ou então por meio da adição de solventes.

Com muitos ácidos graxos como ácido oleico, linoleico e linolênico, a semente da rosa mosqueta também tem altas concentrações de vitaminas A, C, B1, B2, E e K, além de minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro e sódio. A casca do fruto da rosa mosqueta é rica em vitamina C, caroteno, aminoácidos, sais minerais, ácidos orgânicos, tanino e pectina.

Benefícios

Estudos recentes mostraram que a sabedoria popular em torno do óleo de rosa mosqueta é verídico! Ele possui alto poder de cicatrização e tratamento de feridas abertas, por isso muito recomendado para aqueles que já passaram por problemas de acne e, depois de tratada, ficaram com manchas que as feridas causam na pele.

Para aqueles que ainda sofrem desse problema o óleo não é recomendado pela possiblidade de agravação do problema devido à grande oleosidade.

Também tem um grande poder antioxidante, o que garante que, se ingerido via oral, pode ajudar pacientes com problemas cardiovasculares. Como também possui propriedades anti-inflamatórias, ajuda a diminuir a dor em articulações quando elas sofrem problemas de inflamação.

O óleo de rosa mosqueta também ajuda muito pacientes com problemas estomacais graves, como úlcera varicosa, úlceras pós-traumáticas, além de problemas de pele como a dermatite de contato.

Na pele

Para problemas de pele, o óleo de rosa mosqueta é amplamente indicado, salvo exceções, como a acne, já citada anteriormente. Suas propriedades são consideradas terapêuticas e seus componentes muito eficientes para tratamento de manchas, como as causadas pelo sol, acne e estrias.

O óleo atua na fase de reconstrução da célula, envolvendo-a com uma camada protetora hidratante para proteção – também conhecida como fase proliferativa da cicatriz.

Por causa dessa propriedade citada anteriormente, o óleo se torna um ótimo hidratante para peles muito secas, inclusive as que estão descascando – algo comum do inverno. É importante certificar-se que os óleos são 100% puros, para não lidar com produtos que contenham petrolatos na fórmula.

Continue visitando o blog da Diva para mais Dicas Diva!

 

 

 

 

 

Seja o primeiro a receber AS NOVIDADES